Ensino médio

Nossa meta é que o aluno chegue ao 12º ano com o olhar completo do uno, do todo.
Que tenha consciência de que o mundo é bom, belo e verdadeiro,
tudo ao mesmo tempo.

 Mauro Porrino, professor de matemática do Colégio Micael

Ensino médio

“Nossa meta é que o aluno chegue ao 12º ano com o olhar completo do uno, do todo. Que tenha consciência de que o mundo é bom, belo e verdadeiro, tudo ao mesmo tempo.”

 Mauro Porrino, professor de matemática do Colégio Micael

O tutor de classe e a organização das aulas

Cada classe de ensino médio de uma escola Waldorf  tem um tutor que a acompanha do 9.º ao 12.º ano. Esse professor, escolhido pela escola, coordena as atividades e os projetos do grupo, atuando como orientador. Ele também ministra as aulas de sua especialidade e é uma figura de referência para os alunos e suas famílias nas questões relativas à aprendizagem. Semanalmente, o tutor se reúne com a turma para tratar de assuntos de interesse geral. Sua atuação visa sempre o desenvolvimento da autonomia dos jovens.
As atividades pedagógicas do ensino médio continuam seguindo a organização de aulas de época e aulas avulsas. As aulas de época permitem um maior aprofundamento nos grandes temas e acontecem sempre nas duas primeiras horas da manhã. Durante três ou quatro semanas, a classe tem a oportunidade de mergulhar numa matéria específica, como português, geografia ou física, por exemplo. 

Destaques do currículo

  • Tecnologia
    O adolescente ainda é muito ligado ao fazer que tanto o acompanhou no ensino fundamental. Para que possa compreender bem a aplicação prática das leis da mecânica, um dos temas de física desse ano, o aluno desenvolve o projeto individual de montagem de uma bicicleta, que é levada para casa ao final de um semestre letivo.
     
    Gramática e redação
    A proposta é levar o aluno a exercitar, progressivamente, níveis cada vez mais complexos de pensar. Desenvolve-se a capacidade de observação e descrição, criando condições para um esboço de reflexão sobre o mundo. Quanto à estrutura dos textos, busca-se coesão, coerência e concisão.
     
    História da arte
    Essa disciplina atende a duas vertentes principais: educar o olhar e buscar na arte as origens do conhecimento humano. Estuda-se desde a arte pré-histórica até a obra de Rembrandt.
     
    Artes
    O currículo foi elaborado para fortalecer as habilidades humanas do jovem, que agora faz seus próprios julgamentos. Por meio do desenho de observação e perspectiva, os alunos se aprofundam na percepção apurada do mundo que o rodeia. Trabalham somente com luz e sombra. Outro ponto importante nessa faixa etária é a criação de objetos utilitários. Isso é vivenciado com técnicas de modelagem em argila: cada aluno escolhe um animal brasileiro para produzir um utensílio com características zoomórficas.
     
    Trabalho anual
    Cada aluno ou dupla escolhe um assunto e desenvolve um trabalho sobre ele. O objetivo é buscar uma abordagem interdisciplinar e exercitar o pensar crítico diante do tema. Além do texto escrito, há uma apresentação oral e pública, na qual se compartilha com a comunidade escolar o entusiasmo pelo estudo.
    * No Colégio Micael, o 9º ano já segue a estrutura do ensino médio, mas, oficialmente, ainda faz parte do ensino fundamental. O certificado de conclusão do ensino fundamental só é emitido com a conclusão desse ano. 
  • Agrimensura
    Na época de agrimensura, técnica de medição de terrenos por meio de um instrumento apropriado, o teodolito, o jovem coloca em prática operações matemáticas que, normalmente, os alunos de outras escolas não sabem para que servem no dia a dia. Depois de algumas semanas de contato com a matéria em classe, a turma sai a campo com o professor para realizar a medição de uma propriedade rural. Divididos em grupos, medem e anotam tudo o que observam no terreno, fazem os cálculos e, a partir deles, desenham a planta topográfica do local.
     
     Biologia
    Aprofunda-se o estudo do reino animal e de sua diversidade, com enfoque na biologia marinha. Há uma viagem pedagógica para estudo de campo.
     
    Geografia
    Os assuntos básicos são climatologia e oceanografia, em que se estuda o comportamento dos fluídos sobre a superfície terrestre.

    Artes culinárias
    Nessa fase em que os alunos adquirem maior autonomia na vida prática, as aulas de culinária trazem à consciência a importância da qualidade da alimentação, levando-se em conta não apenas as propriedades nutricionais do que se coloca no prato, mas também a sua maneira adequada de preparo. Durante as aulas, os alunos ainda aprendem como planejar as compras do dia a dia para evitar desperdícios.
     
    Primeiros socorros
    Essa disciplina complementa o estudo antropológico que se constrói desde o ensino fundamental em nossa escola. O conhecimento integral do ser humano proporciona autonomia, iniciativa e consciência a respeito dos cuidados com a saúde e com o corpo.
  • Viagem do 10º ano para estudo de biologia
  • Viagem do 10º ano para estudo de biologia
  • Viagem de agrimensura do 10º ano
  • Viagem de agrimensura do 10º ano
  • Alunos do 9º ano observam experimento de química
  • Estágio agrícola do 9º ano numa agrofloresta
  • Aluna do 9º ano durante aula de tecnologia
  • Aula de circo do 9º ano
  • Aula de educação física do 10º ano
  • Aula de culinária do 10º ano
  • Aula de primeiros-socorros do 10º ano
  • Aula de artes do 10º ano
  • Desenho com carvão de aluna do 9º ano
  • Viagem do 10º ano para estudo de biologia
  • Viagem do 10º ano para estudo de biologia
  • Viagem de agrimensura do 10º ano
  • Viagem de agrimensura do 10º ano
  • Alunos do 9º ano observam experimento de química
  • Estágio agrícola do 9º ano numa agrofloresta
  • Aluna do 9º ano durante aula de tecnologia
  • Aula de circo do 9º ano
  • Aula de educação física do 10º ano
  • Aula de culinária do 10º ano
  • Aula de primeiros-socorros do 10º ano
  • Aula de artes do 10º ano
  • Desenho com carvão de aluna do 9º ano

Destaques do currículo

  • Projeto social
    A classe é convidada a se engajar em um trabalho voluntário de caráter social e desenvolve um projeto durante o ano letivo. Muitas vezes são realizadas ações com a comunidade que vive no entorno da escola, mas isso não é regra. Tais experiências proporcionam o contato do jovem com realidades sociais diversas. São também um exercício de fraternidade e altruísmo.
     
    Astronomia
    A astronomia tem grande importância no currículo Waldorf, aparecendo em várias oportunidades ao longo da trajetória do aluno. No 11.º ano, as questões são abordadas com maior profundidade. Os jovens aprendem, entre outros assuntos, a revolução de Galileu, as concepções atuais sobre a origem do universo, a caracterização e reconhecimento das constelações zodiacais e até o histórico da exploração espacial. Há uma viagem pedagógica para observação e reconhecimento do céu austral.
     
    História da música
    No 10º ano, o aluno percorre a história da música com a prática de canto. Esse é o momento de rever o processo, enfocando aspectos da apreciação musical, observando técnicas de composição de cada período e traçando um paralelo com a história da humanidade. 
     
    Artes
    São feitos estudos de proporção e da anatomia humana para a modelagem de figuras que expressam sentimentos por meio da postura corporal e da relação com o ambiente. 
  • Biologia
    Estudam-se as leis da genética e a reprodução humana, discutindo-se a evolução orgânica dos seres vivos e do ser humano em vários sentidos – biológico, antropológico, cultural e espiritual. Questões polêmicas, como os aspectos éticos da manipulação genética, já podem ser debatidas pelos alunos com maturidade.
     
    Artes 
    Os alunos do último ano modelam uma cabeça humana. Antes estudam profundamente a relação existente entre formas, volume, tipos físicos e a expressão da fisionomia. Nesse processo, observam seus rostos e o rosto dos colegas.
     
    Matemática
    O estudo da teoria das probabilidades dá ao aluno ferramentas científicas para lidar com a questão das chances de um evento ocorrer ou não e permite um contato mais consciente e livre com dados desse tipo, desmistificando uma série de distorções comuns. O tema ainda traz luz e organização ao pensar, atributos mais que necessários para o jovem aos 18 anos.
     
    História da arquitetura
    Como os homens vivem e moram? Como evoluíram as cidades? Por que cada povo realizou um modelo próprio de urbanização? Qual a noção de conforto, da pré-história até hoje? Que interesses econômicos e políticos estão por trás das escolhas das construções e dos materiais utilizados nelas? Essas são algumas das questões levantadas durante a época de história da arquitetura.

    O teatro
    Numa escola Waldorf, as atividades teatrais têm fundamentação pedagógica e fazem parte do currículo para todos os alunos.
    No 12º ano, a peça de teatro é um marco importante, especialmente numa época em que os jovens quase não vivenciam mais ritos de passagem. Ao longo de alguns meses, a turma acumula suas atividades curriculares normais com as atividades relacionadas ao teatro: laboratórios de expressão corporal e desinibição, oficinas de arte da fala, ensaios de canto, preparo da cenografia, dos figurinos, da iluminação…
    Os próprios alunos, com assessoria do tutor da classe e do diretor da peça, assumem a produção da peça – da coleta de fundos à criação do cenário, dos figurinos, da trilha sonora… É uma linda oportunidade de colocar em prática as habilidades artísticas que fizeram parte da formação do aluno desde os primeiros anos do ensino fundamental.
     
  • Além de proporcionar a experiência de fazer música em conjunto, as aulas de canto coral ajudam no aperfeiçoamento da respiração e na boa emissão da voz. Além de proporcionar a experiência de fazer música em conjunto, a atividade ajuda no aperfeiçoamento da respiração e na boa emissão da voz.
    São três etapas: relaxamento, para garantir uma boa postura e eliminar qualquer tipo de tensão muscular, aquecimento vocal e leitura de repertório – a prática do canto propriamente dita. 
    São lidas partituras em diversos idiomas – latim, inglês, espanhol, francês, alemão etc. Estudam-se tanto os compositores clássicos como os populares.
    Os alunos também vivenciam o ritmo no corpo por meio da percussão corporal durante as aulas. O estudo do som a partir do próprio corpo enriquece e aguça a percepção musical dos jovens, de dentro para fora. Com esses recursos musicais, os alunos adquirem ferramentas para criar composições e arranjos musicais que muitas vezes acabam fazendo parte do repertório dos concertos do coro formado por eles, o Coral Jovem Micael.
  • Viagem do 12º ano para a Amazônia
  • Viagem do 12º ano para a Amazônia
  • Viagem do 12º ano para a Amazônia
  • Apresentação de euritmia do 11º ano
  • Rampa de acesso às salas do ensino médio
  • Pátio do ensino médio
  • Aula de artes do 12º ano
  • Cobra Norato, peça do 12º A de 2017
  • Cobra Norato, peça do 12º A de 2017
  • Festival Literário de 2017
  • Festival Literário de 2017
  • Oficina do Festival Literário de 2017
  • Apresentação de euritmia do 11º ano
  • Trabalho sobre Parsifal de aluna do 11º ano
  • Viagem do 12º ano para a Amazônia
  • Viagem do 12º ano para a Amazônia
  • Viagem do 12º ano para a Amazônia
  • Apresentação de euritmia do 11º ano
  • Rampa de acesso às salas do ensino médio
  • Pátio do ensino médio
  • Aula de artes do 12º ano
  • Cobra Norato, peça do 12º A de 2017
  • Cobra Norato, peça do 12º A de 2017
  • Festival Literário de 2017
  • Festival Literário de 2017
  • Oficina do Festival Literário de 2017
  • Apresentação de euritmia do 11º ano
  • Trabalho sobre Parsifal de aluna do 11º ano

Trecho de um dos concertos que o Coral Jovem Micael apresentou em dezembro de 2017.