Judô traz equilíbrio físico, anímico e espiritual

Judô traz equilíbrio físico, anímico e espiritual
IMG 2501 - Judô traz equilíbrio físico, anímico e espiritual
Sensei Eugênio e alunos do projeto Caminho Suave, da ACOMI
A ideia do Projeto Caminho Suave surgiu no final de 2016. Em parceria com a ACOMI e com o Sensei Eugênio Diniz, conseguimos viabilizar aulas de judô para jovens de primeira e segunda infância do Jardim Boa Vista. O intuito era trazer os preceitos e a filosofia dessa arte marcial como ferramentas às crianças para que elas pudessem lidar com todas as demandas e questões do mundo moderno (excesso de informações, eletrônicos, sexualização, drogas, intolerância, adultos imaturos e os próprios desejos).
O judô, além da atividade física, ensina o respeito, a disciplina, a concentração, a coragem, a calma interior e o equilíbrio físico, anímico e espiritual necessário para a formação do caráter e da auto-estima.
O trabalho foi iniciado com 10 crianças e hoje estamos atendendo mais de 70. Compramos tatames, quimonos e faixas, contratamos os professores (Sensei Eugênio e Sensei Samir), que doam parte de seu trabalho ao receber um valor de hora/aula abaixo do mercado. Levamos as crianças para participar de campeonatos em que as medalhas e troféus também ficaram por nossa conta.
No último domingo, dia 02/12, o Colégio Micael cedeu o espaço para realizarmos o Festival de Judô, em que vários alunos se graduaram, receberam diplomas e troféus. As famílias foram convidadas a participar do festival e prestigiar suas crianças.
No momento, o projeto está sendo apadrinhado por mim e pelo Vitor R. Harary, que também é pai da escola, mas para 2019 pretendemos arrecadar mais fundos, para que o projeto cresça e possamos atender mais crianças do bairro. Se você entende que a iniciativa é boa e quiser ajudar – pessoalmente ou indicando uma empresa que possa nos patrocinar, por favor, entre em contato através do telefone da ACOMI: (11) 3781-3999.
Para mais informações, todo o histórico do projeto pode ser visto na página do Facebook e no site da ACOMI (acomi.org.br)
Grato pela oportunidade,
Ronaldo Salomão Miguel,
médico antroposófico e pai do Colégio Micael