CONHEÇA-NOS
CONHEÇA-NOS

Pedagogia Waldorf

A pedagogia Waldorf, criada em 1919 na Alemanha pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner, tem se mostrado cada vez mais atual e capaz de formar adultos preparados para enfrentar os desafios do milênio. Isso é retratado muito bem pelo filme Learn to Change the World, produzido pelo movimento internacional Waldorf100.
Na pedagogia Waldorf, o desenvolvimento intelectual, o pensar, é importantíssimo, mas não basta: ele deve ser acompanhado de força para a ação, o querer, e de um bom alicerce emocional, o sentir.
Pensar, sentir e querer são cultivados desde o jardim da infância nas escolas Waldorf, sempre com respeito às particularidades de cada faixa etária. As artes, os trabalhos manuais e as atividades ligadas ao fazer estão presentes em toda a trajetória do aluno na escola.

educação Waldorf não é um sistema, mas uma arte: a arte de despertar o que realmente está dentro do ser humano.

(Rudolf Steiner)

Nossa escola

O Colégio Waldorf Micael de São Paulo foi fundado em 1978 por um grupo de pais e professores que acreditava que uma nova escola Waldorf precisava nascer no país. Até então, havia no Brasil a pioneira Escola Waldorf Rudolf Steiner, criada em 1955 na capital paulista, a Escola Vale Encantado, de Capão Bonito, e alguns jardins de infância.
O espaço de 11 mil metros quadrados, onde antigamente havia uma chácara, foi escolhido por ter muito verde e oferecer uma atmosfera acolhedora. Quatro décadas após a fundação da escola, a força do fazer coletivo que a colocou de pé continua atuante na comunidade.
O Colégio Micael sempre teve como proposta contribuir para a formação integral de crianças e jovens. As artes, as manualidades e o colocar a mão na massa e na terra são essenciais para isso e fazem parte do dia a dia dos alunos.
Isso não significa que matérias como a matemática, a geografia, a química ou a física tenham menos espaço ou importância. Pelo contrário! Todas essas disciplinas são apresentadas de maneira envolvente, que faz sentido para o aluno, despertando nele o verdadeiro encantamento pelo conteúdo. O currículo segue as determinações do MEC, com o diferencial de contar com a vivacidade e o colorido propostos pela pedagogia Waldorf.

Na escola não devemos aprender para saber, mas devemos aprender para sempre podermos aprender com a vida.

(Rudolf Steiner)

Educação infantil

Durante o primeiro setênio, etapa que vai do nascimento aos 7 anos de idade, o brincar é essencial: contribui para a criança desbravar o mundo e conhecer a si mesma. Como o desenvolvimento do corpo físico está a pleno vapor, o movimento tem papel importantíssimo nessa fase.
O Colégio Micael conta com ambientes estruturados para estimular o livre brincar e a fantasia. A área externa tem espaço para correr, árvores para subir e elementos que estimulam a motricidade, o equilíbrio, a lateralidade… 
A escola atualmente tem turmas de educação infantil nos períodos matutino, das 7h10 às 12h05, e vespertino, das 13h30 às 17h30.

Ensino fundamental

Dos 7 aos 14 anos, o segundo setênio, é o desenvolvimento das emoções que se destaca. Para que a aprendizagem seja efetiva, o conteúdo precisa tocar o aluno pelo sentir. As belas imagens, as artes e os trabalhos manuais, muito presentes no dia a dia do ensino fundamental, contribuem bastante para isso.
Nessa etapa, a criança vivencia aquilo que está aprendendo. Ao estudar Roma, por exemplo, pode ter a experiência de fazer uma sandália romana de couro e marchar com ela como um soldado de Júlio César. Nas aulas de geometria, vai para o pátio desenhar formas geométricas na terra, usando os dedos. Só depois desse tipo de experiência é que o compasso e outros instrumentos entram em cena.
colegio micael sp foto home03 - Colégio Micael

Ensino médio

Aos 15 anos, quando entra no terceiro setênio, o jovem passa a enxergar com mais clareza a complexidade do mundo que o rodeia. É o despertar do pensar crítico. Um dos grandes papéis da escola nessa fase é incentivar o aluno a construir sua autonomia, para que ele possa sair em busca das respostas para suas grandes questões de forma consciente.
As disciplinas trazem conteúdos que exercitam a capacidade de o jovem analisar algo a partir de diferentes pontos de vista. Da matemática à história, da geografia à química, o estudante não recebe nada pronto: o grupo faz experimentos, levanta hipóteses e reflete com o professor sobre possíveis conclusões a respeito de um determinado tema.

Ação social

O Colégio Micael fica no Jardim Boa Vista, bairro carente em serviços sociais básicos. Desde a fundação da escola, existe a preocupação de se estabelecer pontes com a comunidade do entorno e, de alguma maneira, levar a ela os princípios da antroposofia e da pedagogia Waldorf.
No início da década de 80, um grupo de pais, professores e amigos do Colégio Micael deu início a um trabalho sócio-educativo com crianças da comunidade. Era a semente da Associação Comunitária Micael (ACOMI), que a partir de 2000 tornou-se uma entidade civil filantrópica sem fins lucrativos. Hoje a ACOMI caminha com as próprias pernas, e a escola continua apoiando seu trabalho de diversas maneiras.
Em 2013, o Colégio Micael criou o ensino médio noturno, projeto social voltado para jovens do Jardim Boa Vista e arredores. O currículo segue a pedagogia Waldorf, mas tem adaptações: como ingressam na escola no 10º ano, os alunos recebem também alguns conteúdos que normalmente são transmitidos durante o ensino fundamental. Em diversos momentos, as turmas do ensino médio diurno e noturno fazem aulas juntas.
Em dezembro de 2017, a Associação de Pedagogia Antroposófica de São Paulo, mantenedora do Colégio Micael, recebeu do Ministério da Educação o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS), uma conquista importante para que a escola fortaleça ainda mais seus projetos sociais, principalmente o do ensino médio noturno.
  • Micael 40 anos

    No dia 29 de setembro, das 9h às 12h, vamos celebrar o impulso que há quatro décadas fez nossa escola nascer.
  • WhatsApp Image 2018 09 14 at 06.00.50 1 1024x682 480x350 - Colégio Micael

    Quatro dias de arte e integração

  • db2c249e 2c88 4bcd 866e 5b7d401df43d 1024x768 480x350 - Colégio Micael

    Em ação para melhorar a escola

  • IMGP6490 1024x683 480x350 - Colégio Micael

    Caminhos entrelaçados

  • Foto1 1024x680 480x350 - Colégio Micael

    A transformação pela arte

  • jose carlos machado 1024x713 480x350 - Colégio Micael

    “Ser pai é também saber se tornar desnecessário”

  • 3629fa64 680f 474c 92a4 e2d804185778 1024x768 480x350 - Colégio Micael

    “No currículo Waldorf, os conteúdos exercitam a capacidade de julgamento do jovem”

  • IMG 4725 menor 480x350 - Colégio Micael

    Por que esse engenheiro cético confia na educação Waldorf?

  • IMGP0310 1024x682 480x350 - Colégio Micael

    O encontro da Geometria com a Arte

  • Waldorf100 011 1024x563 480x350 - Colégio Micael

    Há uma mudança de paradigma na discussão pedagógica

  • IMGP2275 480x350 - Colégio Micael

    Talhando descobertas

  • Micael 40 anos

    No dia 29 de setembro, das 9h às 12h, vamos celebrar o impulso que há quatro décadas fez nossa escola nascer.
  • WhatsApp Image 2018 09 14 at 06.00.50 1 1024x682 350x250 - Colégio Micael

    Quatro dias de arte e integração

  • db2c249e 2c88 4bcd 866e 5b7d401df43d 1024x768 350x250 - Colégio Micael

    Em ação para melhorar a escola

  • IMGP6490 1024x683 350x250 - Colégio Micael

    Caminhos entrelaçados

  • Foto1 1024x680 350x250 - Colégio Micael

    A transformação pela arte

  • jose carlos machado 1024x713 350x250 - Colégio Micael

    “Ser pai é também saber se tornar desnecessário”

  • 3629fa64 680f 474c 92a4 e2d804185778 1024x768 350x250 - Colégio Micael

    “No currículo Waldorf, os conteúdos exercitam a capacidade de julgamento do jovem”

  • IMG 4725 menor 350x250 - Colégio Micael

    Por que esse engenheiro cético confia na educação Waldorf?

  • IMGP0310 1024x682 350x250 - Colégio Micael

    O encontro da Geometria com a Arte

  • Waldorf100 011 1024x563 350x250 - Colégio Micael

    Há uma mudança de paradigma na discussão pedagógica

  • IMGP2275 350x250 - Colégio Micael

    Talhando descobertas

Pátio do Micael
Aquarela da professora Claudia Johnsen.